CONSTELAÇÕES

Abordagem terapêutica criado pelo teólogo, filósofo e pesquisador alemão Bert Hellinger (1925-2019). O intuito desta abordagem é identificar a causa de muitos desequilíbrios e conflitos sistêmicos, buscando harmonizar o sistema através de pertencimento, equilíbiro e hierarquia. 

Complemento aos Processos Terapêuticos, as constelações, aliadas à metodologia Kynesis, promovem compreensão profunda a respeito de ancestralidade, hierarquia e equilíbrio, lugar, função e papel, nos sistemas onde o indivíduo está inserido.

 

A terapeuta fundadora do Kynesis, Elizandra Cordeiro Diniz, desenvolveu outras duas formas de abordar a constelação: a essencial e a anímica.

1. Constelação Familiar: criada para que, a partir do sistema de origem - família - compreenda-se melhor, a partir da clareza sobre os lugares em que ocupa, o que está dentro da esfera de ação e o que não, cumprindo função e papel com equilíbrio.

2. Constelação Essencial: desenvolvida para que o indivíduo veja-se a partir dos princípios essenciais (os fundamentos do ser), Feminino, Masculino e Neutro, configurados em si mesmo (a).

3. Constelação Anímica: desenvolvida para que, em maior profundidade, seja compreendido a base de comportamentos e como eles se manifestam.

Terapeutas que realizam esta terapia

ANDREA GONÇALA.jpg

Andrea Gonçala

RENATA.jpg

Renata Machado Simões

EMANUEL.jpg

Emanuel Costa

CATIA.jpg

Catia Silva

CARÚ.jpg

Carolina Aires

LETICIA.jpg

Leticia Simões